Ladrilhos hidráulicos

Inspirada na teoria do design e nos princípios bauhausianos, a designer de interiores e superfícies Nathaly Domiciano desenvolveu sua nova coleção de ladrilhos hidráulicos em parceria com a tradicional fábrica da Ladrilar, em São Paulo.

Todo o conceito e inspiração pautam-se nos estudos de Wassily Kandinsky que estabeleceu análises acerca da relação entre as cores primárias e as formas elementares. Vamos conferir abaixo a parte teórica e sua concretização através do processo criativo desenvolvido pela profissional:


Inspiração

“Em 1923, Kandinsky propôs estabelecer uma correspondência universal entre as três formas elementares e as três cores primárias: o triângulo, dinâmico, seria inerentemente amarelo; o quadrado, estático, intrinsecamente vermelho; e o círculo, com sua serenidade, naturalmente azul.” – extraído do livro ABC da Bauhaus


A decodificação de formas abstratas em uma linguagem universal norteou a teoria do design e os princípios bauhausianos. Decompor a experiência visual em formas simples e unificadas por cores primárias traz como propósito a abstração, valorizando aspectos elementares, irredutíveis, essenciais e, principalmente, originais. Geometrias sóbrias, traços rígidos e cores marcantes embasam a expressão e representação visual e competem para um conceito puro e racional.

A coleção ‘Abstrações’ traz como partido, os princípios e teorias que investigam e indagam como os elementos visuais podem se comunicar à mecânica de nossos olhos e cérebro, permitindo que símbolos sejam compreendidos e sensações sejam consagradas.



A coleção


Inspirada nas composições visuais construídas a partir de formas e cores elementares, convida-se a investigar como os grafismos se relacionam e criam inumeráveis formas responsáveis por unir, segregar, intersectar, dividir ou multiplicar-se em novos desenhos que se consagram em percepções.

Para “imprimir” essas percepções e concepções foram escolhidos os ladrilhos hidráulicos artesanais que revestem historicamente grandes projetos de arquitetura e interiores. Baseado no conceito de elementos simples e repetitivos, painéis revestidos por ladrilhos cumprem o propósito de criar novas composições, estampas e símbolos a partir de suas paginações. Dividida em três linhas e doze modelos, a coleção pode ser personalizável em uma paleta de 36 cores.

Para este ano, a coleção apresenta o desenvolvimento dos modelos circulares representados na cor azul e até o próximo ano, serão completados os outros oito modelos que completam o processo criativo e conceitual das peças.



Painel de ladrilhos hidráulicos da coleção.

A partir de estudos acerca da forma circular e de suas relações com a superfície do ladrilho hidráulico, foram originadas 4 estampas: modelo Arcos, Ciclos, Intersecção e Meia Lua, sendo todos personalizáveis em cores.


Processo criativo


Com a definição da temática e dos estudos embasados na teoria do design e nos princípios bauhausianos, foram desenhadas as formas elementares do triângulo, círculo e quadrado e de suas inter-relações para elaborar padronagens simples e geométricas, mas que quando unidas formam painéis diferenciados de acordo com as mais variadas paginações.

Após a construção de cada desenho foi o momento de construir os moldes de ferro para cada ladrilho, que possuem estruturas vazadas iguais ao desenho original para a passagem de tinta, visto que cada ladrilho é artesanal. Com a finalização da peça, resta ainda o período de descanso para que o ladrilho possa ser mergulhado em tanques de água que enxugam a umidade da tinta e fortalecem o cimento, viabilizando a durabilidade. Com aproximadamente 30 a 40 dias de cura, o ladrilho hidráulico estará pronto para instalação em pisos e paredes e concretizar novas histórias para o espaço.




Moldes de ladrilhos hidráulicos para inserção do pigmento. Imagem na fábrica da Ladrilar

A fábrica


A Ladrilar é uma empresa que fabrica ladrilhos hidráulicos artesanais com rigorosos padrões de qualidade. Seguindo uma tradição familiar no ramo, já em sua quarta geração, a empresa segue uma técnica de produção artesanal trazida diretamente da Itália por volta de 1920. Em meio a um contexto repleto de agitações políticas, sociais, econômicas e culturais, que atormentava o país na época e em busca de novos ares longe da guerra na Itália, o Sr. Federico Ruocco, vem de Luca em 1922 somente com a roupa do corpo e as peças para fabricar os ladrilhos. Chegando em São Paulo, compra um pedaço de terreno brejeiro na região do Brás e inicia-se a construção da fábrica, onde é estabelecida até hoje. Ao longo desses quase 100 anos, a Ladrilar já fez parte de grandes histórias, como os ladrilhos do edifício Martinelli, da Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Museu de Pindamonhangaba, em projetos de Paulo Mendes da Rocha, na Capela de Santa Clara, com ladrilhos de Oscar Niemeyer e até mesmo um ladrilho especial para o Hotel Yoo2 com design de Philippe Starck.



Ladrilhos tradicionais e geométricos expostos na fábrica.

E agora, confiram os ladrilhos hidráulicos ambientados nas seguintes lojas: Tidelli, Casa Mind, Marché Art de Vie e Selvvva, onde foram explorados texturas e diferentes cores que garantiram vida aos espaços e uma leve rusticidade atrelada ao conceito das peças serem totalmente artesanais.



Ambientação realizada na Tidelli SP, com ladrilhos hidráulicos azul ultramar


Ladrilhos hidráulicos na cor terracota. Ambientação realizada na Selvvva, loja especializada em paisagismo.


Ladrilhos hidráulicos na cor cinza concreto. Ambientação realizada com móveis da Marché Art de Vie.


Ladrilhos hidráulicos na cor rosa claro. Ambientação realizada na Tidelli SP.

Onde comprar


Pedidos e orçamentos podem ser realizados pelos emails: contato@nathalydomiciano.com ou vendas@ladrilar.com.br e entregues para todo o Brasil, consulte frete. Para quem é de São Paulo, vale a pena a visita na fábrica e showroom: Rua Porto Calvo, 69 - Luz

60 visualizações

NATHALY DOMICIANO | interiores e superfícies

2020 | Todos os direitos reservados

São Paulo, Brasil - (+55) 11 93330 5664