Feng Shui na prática

O encontro do equilíbrio de energia entre pessoas e ambientes traz a essência do Feng Shui. Sua prática é cada vez mais inserida nos projetos de interiores e garante uma ótima harmonia aos espaços. Para propor o Feng Shui na prática, precisamos entender primeiramente seus princípios: os estudos são baseados em cinco elementos encontrados na natureza: terra, fogo, água, metal e madeira e a sua combinação proporcional é capaz de equilibrar o ambiente e o convívio entre as pessoas que o habitam.


Dormitório com estilo rústico e o uso de plantas e elementos naturais.

Para implementar o Feng Shui na decoração, existe o mapa ba-guá, composto por 8 palavras que definem a vida pessoal, profissional e nossos maiores vínculos entre as pessoas. Para usá-lo, você pode imprimir o mapa ao lado, cortá-lo, posicionar-se na área central de sua casa e indicar o eixo do trabalho (área em preto) para a sua porta de entrada. Automaticamente, todas as outras áreas já estarão indicadas e para cada uma delas existe a cor, o elemento, a textura, o formato e a planta mais adequada para compor na decoração.



Mapa ba-guá


Com o ba-guá em mãos e posicionado no eixo “trabalho” logo na entrada da casa, vamos simular que a sua cozinha se localiza no lado esquerdo da planta e no meio, ou seja, vamos priorizar o campo da "família". Lembrando que isto é apenas uma simulação, pois cada casa tem uma disposição diferente dos cômodos, onde você deverá verificar em qual espaço gostaria de aplicar o Feng Shui. Exemplo: o campo da "família", para a sua casa, pode ser a cozinha, a varanda ou até mesmo o banheiro e as técnicas aplicadas serão exatamente as mesmas.

Novamente, considerando que a sua cozinha fique do lado esquerdo e no meio da casa, verifiquemos algumas soluções predispostas para esse ambiente:

O Feng Shui estipula para a “família” o uso da madeira, cor verde, forma retangular, planta hortelãe a pedra amazônica, (rever mapa baguá acima) pois todos os ambientes devem ser compostos por elementos naturais.



Cozinha com ilha central em mármore. Imagem: Constance Zahn

Na foto acima, um exemplo de cozinha com práticas no feng shui, como o uso da madeira, do mármore, de tons claros, incluindo a pintura verde menta e o uso do paisagismo na área externa.


Considerando o exemplo de incluir a cozinha no campo "família", vejamos abaixo algumas sugestões para adotar as práticas do Feng Shui:


01| mobiliário, armários, pisos ou acessórios em madeira, para criar este ponto de aconchego ao espaço;

02| utilizar uma paleta de cores fria, entre verdes e azuis. O importante mesmo é encontrar uma cor que transcenda uma sensação etérea e que acalma a compulsão e a fome, diferentemente do uso de cores quentes como vermelho e amarelo, que aguçam o paladar e são muito utilizadas em redes fast-food por exemplo, justamente por essa finalidade psicológica das cores.

03| Hortelã aplicado em uma mini horta vertical, em vasinhos na parede ou próximos das bancadas e, por último, incluso na instalação das calhas úmidas que ficam na área da pia.

04| A utilização da pedra amazônica no espaço pode ser como um enfeite decorativo ou posicionado no centro de mesa para reservar um destaque à peça e emanar boas energias. Confira abaixo mais fotos de inspiração:



Cozinha nórdica com tons claros, uso da madeira e uma mini horta na bancada.


Cozinhas em tons de verde e o uso de plantas. Fonte: Casa Vogue


35 visualizações

NATHALY DOMICIANO |superfícies e interiores

2020 | Todos os direitos reservados

São Paulo, Brasil - (+55) 11 93330 5664